Tour: Peter Sagan «bisa»

O eslovaco Peter Sagan, da Liquigas, conquistou esta terça-feira, em Boulogne-sur-Mer, a terceira etapa do Tour’2012, depois de arrasar toda a concorrência numa chegada complicada, antecedida de algumas contagens de montanha.

Sagan, que havia conquistado a etapa do dia anterior, também com grande autoridade, voltou a estar em evidência, resistindo às cinco contagens de montanha da tirada (duas de terceira categoria, três de terceira), batendo a 100 metros da meta o escapado Philippe Gilbert. O final desta etapa ficou ainda marcado pela violenta queda provocada por um ciclista da Katusha (que acabaria por escapar…), situação que deixou alguns favoritos para trás.

Contudo, apesar desse atraso, a organização deverá fazer acertos em face desta situação. Por outro lado, quem perdeu mesmo tempo na classificação foi Denis Menchov. O russo, de 34 anos, ficou sem forças na fase terminal da etapa e acabou longe da frente, a 1.18 minutos.

Quanto aos portugueses, Rui Costa chegou em 46.º, com o mesmo tempo do grupo dos favoritos, a um segundo de Sagan.

Anúncios

Quatro equipas de Portugal e 12 estrangeiras

Na maior prova velocipédica portuguesa vão participar 17 equipas, num total de 150 corredores de oito nacionalidades.

A 74.ª Volta Portugal em bicicleta, que vai para a estrada entre 15 e 26 de Agosto, vai contar com quatro equipas nacionais de escalão continental e a uma seleção portuguesa, mais 12 formações estrangeiras, anunciou esta segunda-feira a organização.

Espanha é o país mais representado na Volta, com quatro equipas: Andalucia e Caja Rural, do escalão Continental Profissional, da segunda categoria, e Orbea Continental e Burgos BH – Castilla y Leon, de escalão Continental, da terceira.

Na Caja Rural correm três portugueses: Hernani Broco, André Cardoso e Manuel Cardoso, que no fim-de-semana se sagrou campeão nacional de fundo, e no Burgos BH – Castilla y Leon corre o luso Joni Brandão.

Na mesma divisão que as equipas portuguesas vão estar duas formações da Rússia (Itera-Katusha e Lokosphinx) e duas da África do Sul (Team Bonitas e MTN QHUBEKA).

Da Colômbia vem o Colômbia-Coldeportes, de França o Saur-Sajasun e dos Estados Unidos a Unitedhealthcare, todas de escalão Continental Profissional.

Do Brasil chega a Funvic-Pindamonhangaba, de escalão Continental, e com ela traz o ex-ciclista brasileiro Cássio Freitas, vencedor da Volta a Portugal em bicicleta em 1992.

A Volta a Portugal em bicicleta disputa-se entre 15 e 26 de Agosto, 15 dias mais tarde do que o habitual para permitir aos ciclistas nacionais a participação nos Jogos Olímpicos de Londres2012, num total de 1.606,8 quilómetros, divididos por 10 etapas e um prólogo, com um dia de descanso.

Circuito Continental Profissional:

Andalucia-Coldeportes (Col).

Andalucia (Esp).

Caja Rural (Esp).

Saur-Sojasun (Esp).

Unitedhealthcare (EUA).

Continental:

Carmim-Prio (Por).

Efapel-Glassdrive (Por).

LA-Antarte (Por).

Onda (Por).

Funvic-Pindamonhangaba (Bra).

Orbea Continental (Esp).

Burgos BH.Castilla y Leon (Esp).

Itera-Katusha (Rus).

Lokosphinx (Rus).

Team Bonitas (Afs).

MTN QHUBEKA (Afs).

Seleção portuguesa