Tour: Peter Sagan vence 6.ª etapa ao sprint

Peter Sagan (Liquigas) conquistou esta sexta-feira a 6.ª etapa no Tour’2012, a terceira no seu ano de estreia na prova francesa, depois de ter sido o mais forte ao sprint na chegada a Nice.

O ciclista eslovaco superou na reta da meta o alemão Andre Greipel (Lotto), que havia vencido as duas últimas etapas, e o australiano Matthew Goss (GreenEdge), 2.º e 3.º classificado, respetivamente.

O suíço Fabian Cancellara (RadioShack Nissa-Trek) continua a vestir de amarelo.

Já o português Rui Costa (Movistar) chegou integrado no pelotão (58.º) e subiu ao 20.º lugar da geral, estando apenas a 42 segundos da camisola amarela.

Sérgio Paulinho (Saxo Bank) foi o 84.º a cortar a meta, a 2,09 minutos de Sagan, sendo agora o 100.º classificado.

Destaque pela negativa para as quedas de ciclistas com aspirações à classificação geral, como Michele Scarponi (Lampre), Frank Schleck (RadioShack Nissa-Trek), Ryder Hesjedal (Garmin), Robert Gesink (Rabobank) e Alejando Valverde (líder da equipa de Rui Costa), que perderam bastante tempo no dia de hoje.

 

Tour: Greipel bisa

 

Segunda vitória consecutiva para o alemão Andre Greipel na presente edição da Volta a França. O corredor da Lotto superiorizou-se esta tarde ao «sprint» a forte concorrência, após 196,5 quilómetros entre Rouen e Saint Quentin.

Greipel, desta feita, enfrentou a concorrência do britânico Mark Cavendish, vítima de queda na véspera por isso de fora da discussão pela vitória na etapa, mas o atual campeão do Mundo não foi além do quarto lugar. O australiano Matt Goss foi segundo e o argentino Juan José Haedo terceiro, todos com o mesmo tempo que o vencedor.

A chegada a Saint Quentin ficou novamente marcada por queda coletiva, a cerca de três quilómetros da meta, mas que não viria a provocar grandes alterações em termos da classificação geral.

Como tal, o suíço Fabian Cancellara (RadioShack) mantém a camisola liderança, símbolo da liderança.